Teatro Rivoli

Tendo sido inaugurado em 1913 o Teatro Rivoli também conhecido oficialmente como Rivoli Teatro Municipal consiste numa sala de espectáculos que pode ser descoberto na cidade do Porto mais propriamente na Praça de Dom João I.

Este teatro é uma das salas de espectáculos de referência do norte do país onde se encontra e atravessou ao longo dos seus anos de existência muitas dificuldades.

História do Teatro Rivoli

Aquando da sua inauguração o Teatro Rivoli era conhecido como o Teatro Nacional e nos anos que se seguiram, as mudanças no centro urbano obrigaram a reconsiderar e modernizar o imóvel onde estava situado.

Face a esta necessidade, surge no ano de 1923 o Teatro Rivoli já com sinais da referida modernização e adaptado ao cinema, ópera, dança, teatro e concertos musicais.

Este projeto foi da inteira responsabilidade do Arquitecto e Engenheiro Júlio Brito.

Durante a década de 70 a imagem do teatro sofre um contratempo que foi despertado por uma má situação financeira.

As marcas da degradação do citado teatro começam a aparecer e este acaba por ficar com um equipamento antiquado, sem apresentar uma programação regular e sem a possibilidade de ter um público próprio.

Esta situação só se resolveu graças à boa vontade da Câmara Municipal do Porto que decidiu comprar o imóvel de forma a poder recuperá-lo para benefício da cidade e dos seus habitantes.

No ano de 1992 o teatro encerra totalmente para uma completa remodelação num projeto do arquiteto Pedro Ramalho.

O teatro possuía uma área de 6000 metros quadrados e nessa altura a área é ampliada para 11000.

Surge assim na sua estrutura um auditório secundário, um café-concerto, uma sala de ensaios e um Foyer de artistas bem como espaços dedicados aos serviços administrativos e serviços técnicos.

Cinco anos depois, no mês de Outubro, o Rivoli Teatro Municipal reabre de novo as suas portas ao público.

Teatro Rivoli (Autor:Imagem em domínio público)

Teatro Rivoli (Autor:Imagem em domínio público)

O Teatro Rivoli na Atualidade

É em Julho do ano 2006 que a Câmara Municipal do Porto toma outra decisão importante para a história e para a sobrevivência deste espaço.

A gestão financeira e cultural do teatro ia ser entregue a entidades privadas.

Em Outubro do mesmo ano 30 pessoas, quase todas do Teatro Plástico, barricam-se no interior do Rivoli, como forma de protesto pela privatização do teatro ficando esta manifestação conhecida por “Rivolição”.

Mais tarde a gestão do teatro foi cedida ao produtor e encenador Filipe La Féria por um período de quatro anos.

No entanto, surgem duas providências cautelares cujo objetivo era anular esta cedência.

O ministério público considera que a concessão do Rivoli tinha sido irregular mas, o Tribunal Central Administrativo do Norte revoga esta sentença e a gestão do teatro municipal continua da responsabilidade do encenador.

Depois o Teatro Rivoli fica a ser administrado por uma empresa constituída por Filipe La Féria, a Todos ao Palco, e que pagam à Câmara Municipal do Porto o equivalente a 5% das receitas de bilheteira.

Administração e Incumprimento do Teatro Rivoli

No mês de Outubro de 2010, denota-se uma situação demasiado preocupante no que se refere à gestão da empresa “Todos ao Palco” de Filipe La Féria.

Os salários encontram-se em atraso e verifica-se uma falta de programação. A sala grande do teatro não tem espetáculos para apresentar chegando mesmo a colocar-se a hipótese de uma outra companhia apresentar o próximo.

Isto representa uma falta de programação no teatro e a falta de dinamização da baixa portuense.

Não Encontrou o Que Estava Procurando? Tente o Google!

Marcados com: , , ,
Publicado em Teatros de Portugal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Newsletter
Questionário

Ponte 25 de Abril ou Ponte Salazar?

View Results

Carregando ... Carregando ...
Publicidade
Acerca
Bem-vindo ao HistóriaDePortugal.info, um portal informativo dedicado exclusivamente à História de Portugal.

Temos como objectivo ser o recurso mais completo na Internet sobre a História de Portugal.


Partilhar história
A História de Portugal está pouco divulgada na Internet. Ajude o HistoriaDePortugal.info a expandir através da partilha do seu conhecimento. Contamos com a sua ajuda!

Criar artigo