Sé Catedral de Castelo Branco

Castelo Branco, uma das grandes cidades que compõem Portugal e que se encontra nas terras do interior. Apesar de muito longe das cidades mais conhecidas deste país exibe também monumentos dignos de serem visitados.

Além da beleza que possa ser mencionada e observada, não nos podemos esquecer que todos esses mesmos monumentos fazem parte da nossa história.

História da Sé Catedral de Castelo Branco

A Sé Catedral de Castelo Branco é também bem conhecida pelo nome de Igreja de São Miguel ou ainda como Igreja Matriz. Esta encontra-se como se pode perceber localizada na freguesia da citada cidade no maior largo que aí pode ser encontrado.

A Sé Catedral de Castelo Branco é também bem conhecida pelo nome de Igreja de São Miguel ou ainda como Igreja Matriz (Autor: Nuno Tavares)

A Sé Catedral de Castelo Branco é também bem conhecida pelo nome de Igreja de São Miguel ou ainda como Igreja Matriz (Autor: Nuno Tavares)

Esta igreja ou Sé, segundo relatos históricos, foi muito provavelmente construída no seculo XIII ou XIV, ou seja no período da Idade Média. As suas caraterísticas iniciais apresentam traços medievais tendo estes desaparecido com o decorrer das várias restaurações realizadas no decorrer dos tempos. Presentemente podem ainda ser observados alguns estilos como é o caso do renascimento, do barroco e do rococó.

As principais restaurações arquitetónicas de que se tem conhecimento foram realizadas nos seguintes anos:

  • Em 1608 – feita alteração do arco do cruzeiro cuja estrutura original datava do seculo XVI. Presentemente ainda podem observar-se alguns traços da sua original estrutura.
  • Em 1682 – obras realizadas nos dois níveis inferiores da fachada que se apresentava com cariz barroco.
  • Em 1691 – foram introduzidas as pinturas de Bento Coelho nas suas oito capelas.
  • Em 1771 – feitas obras de beneficiação quando a cidade de Castelo Branco passa a Diocese e a citada igreja passa a catedral.
  • Em 1785 – é reconstruida a capela-mor.
  • Em 1791 – colocadas as pinturas de Pedro Alexandrino no retábulo.
  • Em 1785 – colocadas também pinturas do mesmo autor na capela do Santíssimo.
  • Nos seculos XIX e XX foram também realizadas obras de restauro e manutenção.
  • Em 1978 este monumento foi classificado como Imóvel de Interesse Público.

Apresentação da Sé Catedral de Castelo Branco

No que respeita à sua apresentação exterior esta igreja possui uma fachada principal decorada com três portais ao nível da terra. As laterais têm um frontão triangular e a central apresenta-se um pouco mais elevada com um frontão curvo interrompido. Podem também ver-se, a meio das paredes da igreja, duas janelas ao lado de um nicho onde se encontra uma imagem de São Miguel no nível intermédio. Por cima da imagem do referido santo encontra-se um óculo circular e dos lados duas torres sineiras.

Quanto ao seu interior, possui uma única nave longitudinal que se encontra separada por um arco renascentista, da capela-mor. Neste arco pode ver-se o brasão do Bispo D. Martim Afonso de Melo. No seu interior ainda está uma lápide que se encontra numa das paredes laterais. Existem seis altares todos em talha dourada, retábulos e painéis, da autoria de Bento Coelho da Silveira que viveu no século XVII. A capela-mor e a sacristia datam dos séculos XVIII-XIX.

Um elevador que pretende ligar o Largo da Sé ao castelo está desde 2005 previsto mas a sua conclusão será apenas no ano de 2020.

Partilha!Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Pin on Pinterest0Share on LinkedIn0Share on Reddit0Share on VKEmail this to someone

Não Encontrou o Que Estava Procurando? Tente o Google!

Marcados com: , ,
Publicado em Capelas de Portugal, Edifícios de Portugal, Igrejas de Portugal, Monumentos de Portugal, Mosteiros de Portugal, Últimos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Newsletter
Questionário

Ponte 25 de Abril ou Ponte Salazar?

View Results

Carregando ... Carregando ...
Publicidade
Acerca
Bem-vindo ao HistóriaDePortugal.info, um portal informativo dedicado exclusivamente à História de Portugal.

Temos como objectivo ser o recurso mais completo na Internet sobre a História de Portugal.


Partilhar história
A História de Portugal está pouco divulgada na Internet. Ajude o HistoriaDePortugal.info a expandir através da partilha do seu conhecimento. Contamos com a sua ajuda!

Criar artigo