Reis de Castela

O reino de Castela foi um dos antigos reinos cristãos da península ibérica.

Na sua primitiva origem, era um condado do Reino de Leão, mas logo passaria a se tornar independente no período histórico de recuperação do território cristão que estava sob o poder dos árabes.

Essa época é denominada a Reconquista ou a Conquista Cristã, durante o século VIII.

Logo da Reconquista a península ibérica se organizou com a criação de reinos cristãos.

Os primeiros reinos fundados foram os de Astúrias, Leão e Navarra.

O condado de Castela formava parte do Reino de León, nos anos 850 a 931, mas logo se tornaria reino independente de 931 a 1479, data em que termina a guerra de sucessão castelã, conflito territorial entre Portugal e Espanha, na qual o monarca Alfonso V renúncia ao trono de Castela e aos seus títulos e o reino se une com o de Aragón.

Este acordo de paz é conhecido como o Tratado de Alcáçovas.

Os Reis de Castela

Sob esta denominação se conhece a última e definitiva união histórica realizada entre os reinos e as cortes de Castela, Toledo, Galiza e Leão, no ano de 1230. O Rei Fernando III, O Santo, monarca dos estados de Castela e Toledo desde o ano 1217, anulou o testamento do seu pai Afonso IX que outorgava os estados de Galiza e Leão às infantas Sancha e Doce, e os anexou aos de sua propriedade, passando a exercer a hegemonia nos quatro reinos.

Sancho IV de Castela (Autor: Imagem em domínio público)

Sancho IV de Castela (Autor: Imagem em domínio público)

A continuação oferece-se o listado cronológico dos governantes de Castela:

Dinastia Jiménez:

Fernando I (O grande). Primeiro rei de Castela. 1037-1065. Governou conjuntamente com sua esposa Sancha I.
Sancho II (O forte). 1065-1072.
Afonso VI (O bravo). 1072-1109. Também Rei de Leão e da Galiza.
Urraca I. 1109-1126.

Dinastia de Borgonha: Logo da morte de Afonso VII, o reino foi repartido pelos seus dois filhos Fernando (Reino de Leão) e Sancho (Reino de Castela e Toledo).

Afonso VII (O imperador). 1126-1157.
Sancho III (O desejado). 1157-1158.
Afonso VIII (O bom, o nobre). 1158-1214.

Henrique I. 1214-1217.
Berenguela I. 1217. Rainha regente durante a menoridade do irmão.
São Fernando III (O santo). 1217-1252.
Afonso X (O sábio). 1252-1284. Também rei da Germânia.
Sancho IV (O bravo). 1284-1295.
Fernando IV (O emprazado). 1295-1312.
Afonso XI (O justiceiro e o do Salado). 1312-1350.
Pedro I (O cruel, o justiceiro). 1350-1369.
Dinastia de Trastâmara:
Henrique II (O bastardo). 1369-1379.
João I. 1379-1390.
Henrique III (O enfermo). 1390-1406.
João II. 1406-1454.
Henrique IV (O impotente). 1454-1474.
Isabel I (A católica). 1474-1504. Governou conjuntamente com seu esposo Fernando V, também conhecido como Fernando II de Aragão.
Joana I (A louca). 1504-1555. Governou conjuntamente com seu esposo, Filipe I (O belo). Logo da morte do Rei, governa conjuntamente com seu filho Carlos I. Com a morte de seu pai, o Rei Fernando V, ela se torna também Rainha de Aragão e posteriormente de Espanha.

Fim da Coroa de Castela

Com a vitória da monarquia dos Bourbon, na cabeça do Rei Filipe de Anjou ou Filipe V da Espanha em contra do arquiduque Carlos de Anjou, se deu por finalizada a Guerra de Sucessão e foi feita uma reformulação na organização, com a perda de mando dos reinos da Coroa de Castela e Aragão, onde estes estados passariam a perderem seu carácter territorial e sua singularidade como reinos diferenciados, para uma política mais de carácter centralizador.

A partir do ano de 1833 o seu território faz parte de Espanha, logo da resolução da Regente Maria Cristina de Bourbon, de dividir o estado espanhol em províncias, ainda em vigência.

Não Encontrou o Que Estava Procurando? Tente o Google!

Marcados com: , ,
Publicado em História de Portugal, Últimos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Newsletter
Questionário

Ponte 25 de Abril ou Ponte Salazar?

View Results

Carregando ... Carregando ...
Publicidade
Acerca
Bem-vindo ao HistóriaDePortugal.info, um portal informativo dedicado exclusivamente à História de Portugal.

Temos como objectivo ser o recurso mais completo na Internet sobre a História de Portugal.


Partilhar história
A História de Portugal está pouco divulgada na Internet. Ajude o HistoriaDePortugal.info a expandir através da partilha do seu conhecimento. Contamos com a sua ajuda!

Criar artigo