Praça do Comércio

A Praça do Comércio, também conhecida por Terreiro do Paço, é uma das maiores praças da Europa com cerca de 36 000 m² (180m x 200m).

Esta praça está situada na Baixa de Lisboa e tem acesso directo ao Rio Tejo através do Cais das Colunas.

Esta praça foi durante dois séculos o palácio real de Portugal, nomeadamente o Paço da Ribeira, que foi destruído no terramoto de 1755.

Imagem 2 - Arco Triunfal da Rua Augusta

Imagem 2 – Arco Triunfal da Rua Augusta

Esta praça serviu inúmeras vezes de entrada nobre da capital, tendo os ilustres pisado os degraus de mármore do Cais das Colunas.

A entrada para a Baixa de Lisboa é feita passando pelo enigmático Arco Triunfal da Rua Augusta.

Actualmente a praça é usada para eventos culturais, passagens de ano e espectáculos esporádicos.

Cronologia da Praça do Comércio

1511

D. Manuel I transfere a sua residência oficial do Castelo de São Jorge para o Paço da Ribeira.

1755

O Paço da Ribeira é destruído pelo terramoto, assim como a sua extensa biblioteca com mais de 70 mil volumes. A reconstrução do paço tornou-se num elemento fulcral do plano de Marquês de Pombal. Os edifícios, que circundam a praça, passaram a albergar as sedes de alguns dos Ministérios do Governo Português.

O famoso café Martinho da Arcada foi instalado na praça, o seu principal propósito era servir a nobreza e a corte portuguesa. Quem gostava muito de frequentar este café era conhecido escritor português, Fernando Pessoa.

1775

A estátua equestre no centro da praça é erigida em homenagem a D. José, por Joaquim Machado de Castro, o escultor mais importante do século XVIII. Desde então que a estátua tem ganho uma patina verde.

1910

Com a Revolução Republicana de 1910, a praça foi pintada de cor-de-rosa republicano. Mais tarde os edifícios da praça seriam pintados novamente com a sua cor original, o amarelo.

Terreiro do Paço, Lisboa 1815-1822. Reprodução imaginária da atribuída a Joaquim Carneiro da Silva, XVIII. Publicado na revista Monumentos, n.º 1, Setembro de 1994

Terreiro do Paço, Lisboa 1815-1822. Reprodução imaginária da atribuída a Joaquim Carneiro da Silva, XVIII. Publicado na revista Monumentos, n.º 1, Setembro de 1994

Imagens da Praça do Comércio

Vídeo da Praça do Comércio

Não Encontrou o Que Estava Procurando? Tente o Google!

Marcados com: , ,
Publicado em Praças de Portugal
2 comentários sobre “Praça do Comércio
  1. Octavio Manuel Correia Pinto disse:

    Nesta cronologia do Paço da Ribeira não é referido o grande incêndio de 14 de Dezembro de 1745 que destruiu boa parte do Paço e da sua biblioteca. O Paço terá sido completamente destruído pelo terramoto de 1755.

  2. José Neto de Oliveira disse:

    Boa tarde
    tenho interesse em guardar esta informação numa pasta no meu computador para mostrar aos filhos (2) netos (2) e bisneta.
    Ajudem a salvar esta informação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Newsletter
Questionário

Ponte 25 de Abril ou Ponte Salazar?

View Results

Carregando ... Carregando ...
Publicidade
Acerca
Bem-vindo ao HistóriaDePortugal.info, um portal informativo dedicado exclusivamente à História de Portugal.

Temos como objectivo ser o recurso mais completo na Internet sobre a História de Portugal.


Partilhar história
A História de Portugal está pouco divulgada na Internet. Ajude o HistoriaDePortugal.info a expandir através da partilha do seu conhecimento. Contamos com a sua ajuda!

Criar artigo