Parque das Nações

Parque das Nações é o nome de uma freguesia lisboeta, resultante da reestruturação das freguesias da cidade, que ocorreu em 8 de novembro de 2012.

A freguesia resultou da agregação de parte de duas freguesias do município de Loures (Moscavide e Sacavém), com a freguesia de Santa Maria dos Olivais.

O nome desta freguesia teve origem no nome do recinto onde foi realizada a Exposição Internacional de Lisboa de 1998 (Expo’98), junto ao rio Tejo na parte oriental da cidade de Lisboa. Atualmente, a freguesia do Parque das nações é composta pelo mais moderno bairro da cidade. Entre as zonas habitacionais norte e sul, esta zona é já habitada por mais de 28.000 pessoas.

[-] Tabela de Conteúdos

A Expo’98 / Parque das Nações

Entre 22 de maio e 30 de setembro de 1998, realizou-se em Lisboa a Expo’98, debaixo do tema “Os oceanos: um património para o futuro”. Alguns dos edifícios construídos para essa exposição no local que atualmente conhecemos como Parque da Cidade, continuam a ser utilizados para o mesmo efeito para o qual foram concebidos.

Entre estes é de destacar a Gare do Oriente (da autoria do arquiteto santiago Calatrava), o Meo Arena (mais conhecido como Pavilhão Atlântico e que na Expo’98 era o Pavilhão da Utopia) (da autoria do arquiteto Regino Cruz) e o Oceanário (da autoria do arquiteto Peter Chermayeff) que reproduz os 5 oceanos, com diversas espécies de peixes e mariscos originários de cada um desses oceanos e que atualmente é o maior aquário do mundo.

Imagem do Parque das Nações (Autor: HistoriaDePortugal.info)

Imagem do Parque das Nações (Autor: HistoriaDePortugal.info)

A Expo’98 foi considerada pelo BIE como a melhor exposição mundial de sempre. Ao contrário do que muitas vezes acontece com este tipo de espaços utilizados para albergar grandes eventos, o Parque das Nações é um exemplo de uma boa gestão e conservação dum espaço urbano.

Após a Expo’98, o Parque das Nações veio a sofrer algumas alterações, entre as quais:

  • a reconversão da entrada principal, situada em frente à Gare do Oriente, num centro comercial – o Centro Vasco da Gama;
  • a conversão do Pavilhão da Utopia no Pavilhão Atlântico – Agora Meo Arena,
  • a conversão da Torre Vasco da Gama num Hotel;
  • a demolição do Pavilhão da Realidade Virtual;
  • a transformação do Pavilhão do Futuro no Casino Lisboa;
  • e a conversão do Pavilhão do Conhecimento em Museu de Ciência

Após a exposição, muitas das zonas do Parque das Nações foram vendidas para escritórios e habitação, sendo que, após o processo de venda dos terrenos, as receitas daí provenientes superaram o custo total da exposição em 8 vezes, tornando a zona oriental de Lisboa no bairro mais moderno da cidade de Lisboa, albergando agora as sedes e representações de diversas empresas em Portugal, entre as quais a Sony, a Vodafone, a Sonae.com e a Agência Europeia de Segurança Marítima.

Imagens do Parque das Nações

Invalid Displayed Gallery

Partilha!Share on Facebook37Share on Google+1Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Pin on Pinterest0Share on LinkedIn0Share on Reddit0Share on VKEmail this to someone

Não Encontrou o Que Estava Procurando? Tente o Google!

Marcados com: ,
Publicado em Arquitetura de Portugal, Arranha Céus em Portugal, Arte de Portugal, Bairros de Portugal, Edifícios de Portugal, Freguesias de Portugal, História de Portugal, Museus de Portugal, Parques de Portugal, Praças de Portugal, Últimos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Newsletter
Questionário

Ponte 25 de Abril ou Ponte Salazar?

View Results

Carregando ... Carregando ...
Publicidade
Acerca
Bem-vindo ao HistóriaDePortugal.info, um portal informativo dedicado exclusivamente à História de Portugal.

Temos como objectivo ser o recurso mais completo na Internet sobre a História de Portugal.


Partilhar história
A História de Portugal está pouco divulgada na Internet. Ajude o HistoriaDePortugal.info a expandir através da partilha do seu conhecimento. Contamos com a sua ajuda!

Criar artigo