Papa Dâmaso I

Papa Dâmaso I nasceu em 305, sua cidade de origem é ainda discutida com frequência.

Ao que parece nasceu em Guimarães ou Idanha-a Velha, mas existem hipóteses que localizam seu nascimento na península ibérica em alguma cidade espanhola como Madrid, Arguelaguer ou Tarragona, também existe a teoria de ter nascido em Roma, cidade onde com certeza morreu em 384.

Cresceu na cidade de Roma exercendo funções na Igreja de São Lourenço e onde seu pai Antônio trabalhava como Secretário de São Lourenço, um dos sete diáconos da Igreja Romana que foram martirizados durante a perseguição do Imperador Valeriano em 258.

De sua vida anterior a sua designação como Chefe da Igreja é pouco o que se conhece.

Resultou eleito Papa por maioria de votos em 1º de Outubro de 366, mas alguns seguidores do anterior Papa Libério não acataram a decisão e proclamaram o diácono Ursino como Antipapa.

O processo de ascensão ao trono Papal foi assim resultado de uma longa e violenta luta de dois anos entre os seguidores dos dois postulantes.

Finalmente, logo de um juízo perante um tribunal federal o seu Papado foi reconhecido e absolvido pelos crimes cometidos durante a luta pela conquista da maior hierarquia religiosa.

Seu reinado coincidiu com a ascensão do Imperador romano Constantino Magno ou o Grande, sendo conhecido por ser o primeiro imperador romano em professar a religião Cristã, adoptando-a como sua religião oficial, além de ser considerado um dos fundadores do Império Romano do Oriente.

Desempenho de Papa Dâmaso I no Papado

Foi um dos mais sobressalientes Papas do século VI, tendo como um dos seus principais objetivos a aproximação da vida eclesiástica junto com a vida civil, vinculando as duas e reconhecendo a autoridade  da igreja no que toca a assuntos morais  e de fé, competência outorgada diretamente por Deus e não por delegação das hierarquias religiosas estabelecidas ou de concílios.

Assim, transformou a Roma como o único tribunal de apelação e a sede superior do Cristianismo.  Posteriormente, o Imperador Teodósio declarou Constantinopla como par de Roma, mas o Papa Dâmaso não aceitou.

Promulgou o desenvolvimento da religião cristã com uma fecunda e rigorosa administração papal que derivou no primado do Papa e a autoridade da Sé Apostólica, estabelecendo as bases do que é o pontificado atual.

Papa Dâmaso I (Autor: Imagem em domínio público)

Papa Dâmaso I (Autor: Imagem em domínio público)

Durante seu cargo no Papado, elaborou diversos escritos destinados para os atos litúrgicos, além de tratados ou cartas sinodales, poesia e epigramas.  Ordenou a organização e classificação dos arquivos da Igreja, conservando as versões originais dos textos mais importantes escritos pelos padres fundadores da Igreja Cristã.

Logo, encomendou ao seu secretário Jerónimo de Strídon, posteriormente conhecido como São Jerónimo, a elaboração e revisão de uma bíblia em versão latina, a língua oficial da Igreja, fazendo a tradução direita dos textos originais escritos em grego ou hebraico, que logo passaria a ser aceita como uma das mais importantes traduções do texto religioso, sob o nome de Vulgata Latina.

Papa Dâmaso I e a Exploração das Catacumbas

O Papa Dâmaso ordenou a exploração e restauração das catacumbas, abandonadas do ano 312 por mandato do Imperador Constantino, momento em que outorgou a liberdade à Igreja.

Tomou pessoalmente a iniciativa nos trabalhos de conservação dos vestígios dos mártires religiosos que começaram a se encontrar na escavação das galerias subterrâneas redigindo assim os famosos epitáfios de sua autoria, acompanhados de ilustrações feitas por Filocalo com a técnica da incisão.

O fim do seu pontificado de dezoito anos aconteceu com sua morte em 11 de dezembro de 384 e foi sucedido pelo Papa Sirício através da eleição feita o dia 17 de dezembro do mesmo ano. A celebração de sua santidade é o dia 11 dezembro, data de sua morte.

Também é conhecido por ser irmão de Santa Irene, virgem martirizada pela sua fé junto com Ágape e Quiônia durante a época da perseguição do Imperador Diocleciano, em 304.

Não Encontrou o Que Estava Procurando? Tente o Google!

Marcados com: , ,
Publicado em Padres de Portugal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Newsletter
Questionário

Ponte 25 de Abril ou Ponte Salazar?

View Results

Carregando ... Carregando ...
Publicidade
Acerca
Bem-vindo ao HistóriaDePortugal.info, um portal informativo dedicado exclusivamente à História de Portugal.

Temos como objectivo ser o recurso mais completo na Internet sobre a História de Portugal.


Partilhar história
A História de Portugal está pouco divulgada na Internet. Ajude o HistoriaDePortugal.info a expandir através da partilha do seu conhecimento. Contamos com a sua ajuda!

Criar artigo