Marinho Pinto

Já todos nós, ou pelo menos a maioria de nós, ouvimos falar de António de Sousa Marinho e Pinto. Nascido a dez de setembro de 1950, Marinho Pinto é um bem conhecido advogado português que nasceu na Vila Chã do Marão pertencente a Amarante.

Nomeado bastonário dos advogados no ano de 2008 assim permanece até ao momento e a sua popularidade tem como base a controvérsia sempre presente no seu discurso. Em 1963 recebeu a medalha da Ordem da Instrução Pública e em 1973 é nomeado Oficial da Ordem de Benemerência.

Depois de alguns anos a frequentar as escolas e sem nunca divulgar quanto tempo havia demorado alcança a licenciatura em direito. Também a sua nota final nunca foi revelada e o seu percurso profissional teve inicio como jornalista. Exerceu funções na direção da Agência Noticiosa Portuguesa, a ANOP, durante cerca de sete anos e mais tarde na Lusa durante três anos.

Em 1987 e 1988 foi assessor do Governo de Macau, mas regressa ao jornalismo até ao ano de 2006 como redator do Expresso. O seu percurso profissional não se fica por aqui e é convidado pelo Instituto Politécnico de Coimbra e pela Universidade de Aveiro para desempenhar o papel de assistente. Foi também coordenador do curso de Pós-Graduação em Jornalismo Judiciário na Universidade Lusófona e desempenhou funções como professor auxiliar na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.

Um ativista nato contra a ditadura torna-se membro do Movimento Democrático Estudantil, mas acaba por ser um preso da PIDE no ano de 1971. Dois anos mais tarde faz parte da Associação Académica de Coimbra e passa a elemento da Juventude Comunista Portuguesa. Após o 25 de Abril fica como membro da Comissão Nacional para a Liberdade de Informação e membro da Direção do Sindicato dos Jornalistas. Foi presidente da Comissão de Direitos Humanos.

No presente ano é eleito eurodeputado, referindo que Portugal não deve sair do euro mas que tem que pagar a sua dívida. Sustenta ainda a criação de um salário mínimo europeu, de pensões mínimas europeias e de um subsídio europeu de maternidade.

Partilha!Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Pin on Pinterest0Share on LinkedIn0Share on Reddit0Share on VKEmail this to someone

Não Encontrou o Que Estava Procurando? Tente o Google!

Marcados com: , , ,
Publicado em Ilustres de Portugal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Newsletter
Questionário

Ponte 25 de Abril ou Ponte Salazar?

View Results

Carregando ... Carregando ...
Publicidade
Acerca
Bem-vindo ao HistóriaDePortugal.info, um portal informativo dedicado exclusivamente à História de Portugal.

Temos como objectivo ser o recurso mais completo na Internet sobre a História de Portugal.


Partilhar história
A História de Portugal está pouco divulgada na Internet. Ajude o HistoriaDePortugal.info a expandir através da partilha do seu conhecimento. Contamos com a sua ajuda!

Criar artigo