Igreja e Oratórios de Nossa Senhora da Consolação

Imagem de Igreja e Oratorios de Nossa Senhora da Consolacao (Autor: skyscrapercity.com)

Imagem de Igreja e Oratorios de Nossa Senhora da Consolacao (Autor: skyscrapercity.com)

Situada no Largo da República do Brasil, na freguesia de S. Sebastião, em Guimarães, encontra-se a Igreja e Oratórios de Nossa Senhora da Consolação, um edifício urbano, isolado, construído durante o século XVIII, que se encontra envolvido a nascente pelo Largo de S. Gualter e a poente pelo Campo da Feira.

A partir das traseiras, é possível aceder-se ao Colégio do Sagrado Coração de Maria, através de uma escadaria.

Da Avenida da República do Brasil é possível ver-se também dois dos oratórios que se encontram incluídos na classificação do monumento.

Mas, o conjunto é composto por um total de cinco oratórios.

O conjunto da Igreja e Oratórios dos Santos Passos de Nossa Senhora da Consolação foi classificado como Imóvel de Interesse Público no Decreto-Lei n.º 45/93, datado de 30 de novembro de 1993.

Características da Igreja e Oratórios de Nossa Senhora da Consolação

A Igreja e Oratórios dos Santos Passos de Nossa Senhora da Consolação é um edifício tradicional da arquitetura religiosa barroca, tal como pode ser verificado pelo dinamismo das torres, pela forma curva da fachada, pelas linhas curvas da escadaria principal e pelas esculturas colocadas junto à fachada, criando uma cenografia típica desse estilo.

Já a tribuna e o retábulo da Igreja e Oratórios de Nossa Senhora da Consolação são adornados em talha, evidenciando a presença do estilo rococó.

A planta da Igreja e Oratórios de Nossa Senhora da Consolação é longitudinal, sendo o edifício composto por uma capela-mor de formato rectangular, implantada no sentido nordeste-sudeste, e por uma nave única.

Os telhados da nave e da capela mor-são de duas águas, enquanto que os telhados da capela e da sacristia são de três águas.

A sudoeste do corpo da Igreja e Oratórios de Nossa Senhora da Consolação encontra-se a capela lateral e a sacristia. Já a fachada principal é de formato convexo e encontra-se revestida de azulejos azuis e brancos, possuindo um janelão de sacada e também duas janelas estreitas que são coroadas por um tímpano, acima do qual está uma cruz com uma estátua de cada lado.

Um pouco mais atrás podem ver-se as duas torres sineiras com remate a coruchéus em forma de pirâmide.

Quanto aos Oratórios, ou Passos, estes são pequenas capelas, que compõe uma Via-Sacra, no interior das quais se pode ver figuras esculpidas em madeira policromada e que representam os passos da Paixão de Cristo.

No interior da Igreja, encontram-se catorze quadros do século XVIII, de origem francesa, com molduras de madrepérola, representando a Via-Sacra.

Aí podemos encontrar também uma bandeira processional com pintura da autoria de Roquemont, um artista suíço. A ladear a escadaria principal, encontram-se duas esculturas que representam S. Bartolomeu e Sant’Iago Maior.

Outros Detalhes Importantes da Igreja e Oratórios de Nossa Senhora da Consolação

Desde a sua construção e até aos nossos dias, a Igreja e Oratórios de Nossa Senhora da Consolação têm sido utilizados para fins religiosos, sendo estes propriedade privada da Igreja Católica.

O projecto arquitetónico da igreja ficou a cargo do Arquiteto André Soares, ao passo que o projecto das torres sineiras foi encomendado ao Arquiteto Paulo Ferreira. Já os adornos da tribuna e do retábulo ficaram a cargo do mestre entalhador José António da Cunha.

Materiais Utilizados na Igreja e Oratórios de Nossa Senhora da Consolação

As paredes exteriores da Igreja e Oratórios de Nossa Senhora da Consolação foram feitas em alvenaria de granito com reboco a areado fino, em ambos os lados.

Do mesmo modo, também o teto da capela-mor e da nave são em reboco. A fachada principal da Igreja encontra-se revestida a azulejo.

As torres foram feitas em alvenaria de granito aparente. Na nave, encontramos lambrim de azulejo e pavimento revestido a mosaico cerâmico com guias a granito, sendo este mesmo o revestimento do pavimento da capela-mor.

A sacristia é revestida a oleado e o seu teto tem acabamento a estuque. Já a cobertura é em estrutura de madeira revestida com telhas de barro.

A escadaria principal, a balaustrada e as estátuas são todas em granito.

Não Encontrou o Que Estava Procurando? Tente o Google!

Marcados com: ,
Publicado em Igrejas de Portugal, Últimos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Newsletter
Questionário

Ponte 25 de Abril ou Ponte Salazar?

View Results

Carregando ... Carregando ...
Publicidade
Acerca
Bem-vindo ao HistóriaDePortugal.info, um portal informativo dedicado exclusivamente à História de Portugal.

Temos como objectivo ser o recurso mais completo na Internet sobre a História de Portugal.


Partilhar história
A História de Portugal está pouco divulgada na Internet. Ajude o HistoriaDePortugal.info a expandir através da partilha do seu conhecimento. Contamos com a sua ajuda!

Criar artigo