Fonte do Ídolo (Braga)

A Fonte do Ídolo é o único monumento romano que fica no exterior do perímetro da muralha da cidade romana de Bracara Augusta, que sobreviveu intacto até aos dias de hoje.

A Fonte do Ídolo foi mandada construir por Celico Fronto, um homem originário de Arcóbriga, e é um santuário rupestre dedicado a Tongoenabiago, uma divindade fluvial indígena.

Este monumento foi talhado numa superfície vertical de um afloramento rochoso com cerca de 3 metros de altura e que foi cortado especialmente para este efeito.

Na parte esquerda desta superfície vertical, podemos observar uma estátua que mede cerca de 1,10 metros e que, devido ao seu estado avançado de degradação, é impossível saber-se se representa uma figura masculina ou feminina.

Ainda assim, é percetível que se trata de uma figura togada, segurando na sua mão um objeto que aparenta ser uma cornucópia.

A Fonte do Ídolo é o único monumento romano que fica no exterior do perímetro da muralha da cidade romana de Bracara Augusta (Autor: Imagem em domínio público)

A Fonte do Ídolo é o único monumento romano que fica no exterior do perímetro da muralha da cidade romana de Bracara Augusta (Autor: Imagem em domínio público)

À esquerda da cabeça desta estátua pode-se observar a seguinte inscrição:

“(CELI)CVS FRONTO / ARCOBRIGENSIS / AMBIMOGIDVS / FECIT”

o que, traduzido para português pode significar “Celico Fronto, de Arcóbriga, Ambimógido fez (este santuário)”.

Na parte direita desta superfície vertical, podemos visualizar uma edícula, no interior da qual se encontra representado um busto, intencionalmente talhado mais à esquerda de modo a dar espaço para aí se colocar a inscrição:

“CELICVS FECIT”.

e na parte inferior do nicho encontra-se a palavra “FRO(NTO)”. Esta inscrição refere-se ao nome do dedicante, dizendo “Celico Fronto fez”.

Já à esquerda da edícula, é possível ler-se o nome da divindade a quem o santuário foi dedicado: “TONGONABIAGOI”, ou Tongoenabiago.

Este nicho encontra-se adornado por um frontão com uma pomba e um maço, brotando na base do nicho um pequeno manancial. Acima do frontão podemos notar uma epígafe com letras gravadas, mas visto que estas letras são de estilo diferente, os investigadores consideram que a epígrafe tenha sido escrita algum tempo depois de o santuário se encontrar concluído.

Interpretação da Fonte do Ídolo

A forma como este santuário tem sido interpretado tem tanto de complexa, como de controversa, sendo que, apesar de ser quase consensual a ideia de que se encontram representados tanto a divindade como o dedicante, a ideia de qual imagem representa quem tem sido alvo de interpretações diferentes.

O primeiro a deixar um registro da interpretação do santuário, há mais de 100 anos, foi José Leite de Vasconcelos que acreditava que a divindade se encontrava representada no busto, dentro da edícula e o dedicante era representado pela imagem em alto relevo.

Posteriormente, Alain Tranoy inverteu esta leitura dizendo que o dedicante é aí representado pelo busto e a divindade é representada pela figura à esquerda.

Há ainda um autor, de seu nome António Rodríguez Comenero, que defende que o dedicante é apenas mencionado nas inscrições e que este é um santuário plural onde Nabia, a deusa da fortuna, se encontra representada em pé e Tongoenabiago, a divindade da veiga bracarense, se encontra representado no interior da edícula. Esta idéia parece ser sustentada no fato que existe, no Museu D. Diogo de Sousa, uma Ara votiva dedicada Nabia e que foi retirada precisamente do local onde se insere a Fonte do Ídolo.

Outro aspeto controverso é o fato de alguns investigadores defenderem que o monumento teria sido parte integrante de uma domus suburbana, ao passo que outros sustentam a idéia que este seria um santuário público que Celico Fronto teria mandado erigir para o usufruto da comunidade bracarense.

Não Encontrou o Que Estava Procurando? Tente o Google!

Marcados com: ,
Publicado em Romanização

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Newsletter
Questionário

Ponte 25 de Abril ou Ponte Salazar?

View Results

Carregando ... Carregando ...
Publicidade
Acerca
Bem-vindo ao HistóriaDePortugal.info, um portal informativo dedicado exclusivamente à História de Portugal.

Temos como objectivo ser o recurso mais completo na Internet sobre a História de Portugal.


Partilhar história
A História de Portugal está pouco divulgada na Internet. Ajude o HistoriaDePortugal.info a expandir através da partilha do seu conhecimento. Contamos com a sua ajuda!

Criar artigo