Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa

Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (Autor: Ivendrell)

Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (Autor: Ivendrell)

A Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL) é uma instituição universitária de carácter público criada em 1911.

Encontra-se localizada na Cidade Universitária da Universidade de Lisboa, dentro das instalações do Hospital de Santa Maria na freguesia de Alvalade em Lisboa.

Ficou conhecida como a Faculdade de Medicina de Lisboa devido a que foi a única do seu tipo na capital portuguesa por mais de século e meio até a fundação da Faculdade de Ciências Médicas de Lisboa.

Projetada do ano 1825, foi criada formalmente a partir de 1911 como órgão vinculado à Universidade de Lisboa.

História da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa

No século XIII durante o governo de D. Dinis se projeta a criação de uma universidade para o ensino de diversas disciplinas, dentre as que destacava a Física, designação da época para o estudo da medicina.

É criado então o Estudo Geral de Lisboa com a bula de 1290 do Papa Nicolau IV, dando-lhe o estatuto de Universidade e com o local inicial no Campo da Pedreira e logo na Sé, em terrenos cedidos ou arrendados.

Finalmente, nos séculos XV e XVI com a ajuda do Infante D Henrique a Universidade possuiu instalações próprias na Freguesia de São Tomé.  Posteriormente, no reinado de D. Manuel I o Estudo Geral foi transferido junto á Igreja de Santa Marinha, espaço de propriedade do Infante.

Já no século XIX é fundada a Real Escola de Cirurgia em 1825 que funciona como dependência adscrita ao Hospital Real e Nacional de São José, fundado em 1770 em substituição do Hospital Real de Todos os Santos que foi destruído pelo terramoto de 1755.  Esta Escola foi designada posteriormente como Escola Médico-Cirúrgica de Lisboa em 1836.

Em 1911 com a implantação da República, promulgaram-se as leis que reformavam o ensino da medicina e a criação de novas universidades e Faculdades, a Real Escola passaria a ser reconhecida definitivamente como a Faculdade de Medicina de Lisboa.  Com a aprovação desta lei também se consiguiu a legitimidade da profissão médica, dado que anteriormente não era conferido nenhum grau de licenciatura aos alunos.

Em 1910 é cedido para a Faculdade o Hospital Escolar de Santa Marta, edifício que junto com as instalações de Campo de Santana, constituiram as novas dependências físicas da FMUL enquanto o ensino clínico é ainda lecionado na enfermaria de Santa Bárbara e Santa Maria Ana ubicadas dentro do Hospital de São José.

Logo desta cesão as enfermarias passariam a ser designadas como Clínicas Universitárias, dada a autonomia e independencia financiera da Faculdade, associada ao Ministério de Educação.

Formação dos Institutos da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa

Da mesma forma é nesta mesma época que foram transformados diversos laboratórios para funcionar como Institutos.  Assim, são fundados sucesivamente os Institutos de Fisiologia, Farmacologia e Terapêutica Geral, Anatomia e o de Anatomia Patológica e Patologia Geral.

Com o alargamento das funções curriculares da Faculdade se torna evidente a insuficiência da capacidade das instalações para impartir o ensino, obrigando a abandonar o Campo de Santana e realizar uma nova transferência para o Hospital de Santa Maria, este sob tutela do Ministério do Interior, perdendo grande parte do componente de Hospital Escolar e passando de instituição principal a instituição tolerada.

Esta cisão entre Hospital e Faculdade é acentuada no ano de 1975 com a promulgação do decreto-lei que equipara os hospitais escolares com os outros hospitais, sendo integrado com os hospitais civis de Lisboa e dependendo de duas tutelas, a do Ministério de Educação e a do Ministério do Interior, logo designado como de Assuntos Sociais e finalmente, de Saúde.

No século XXI foram aprovados os planos de desenvolvimento e ampliação do espaço físico da Faculdade com a construção de dois novos edifícios e a criação de novos laboratórios de pesquisa, surgindo igualmente a adequação do Núcleo Museológico da Faculdade em 2003 que recolhe o vasto patrimônio histórico e cultural da instituição, designado posteriormente como Museu de Medicina em 2005.

No ano anterior foi inaugurada uma das novas instalações sob o nome de Edifício Egas Moniz, Prêmio Nobel de Medicina e Professor da Faculdade.

Vídeo da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa

Não Encontrou o Que Estava Procurando? Tente o Google!

Marcados com: ,
Publicado em Universidades de Portugal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Newsletter
Questionário

Ponte 25 de Abril ou Ponte Salazar?

View Results

Carregando ... Carregando ...
Publicidade
Acerca
Bem-vindo ao HistóriaDePortugal.info, um portal informativo dedicado exclusivamente à História de Portugal.

Temos como objectivo ser o recurso mais completo na Internet sobre a História de Portugal.


Partilhar história
A História de Portugal está pouco divulgada na Internet. Ajude o HistoriaDePortugal.info a expandir através da partilha do seu conhecimento. Contamos com a sua ajuda!

Criar artigo