Durão Barroso

José Manuel Durão Barrososo nasceu a 23 de março de 1956, em Lisboa, sendo filho de Luís António Saraiva Barroso e de Maria Elizabeth de Freitas Gomes Durão. É casado com Maria Margarida Pinto Ribeiro de Sousa Uva, com a qual teve três filhos.

Durão Barroso é licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, tendo mais tarde feito o seu mestrado em Ciências Económicas e Sociais, pelo Instituto Europeu da Universidade de Genebra.

Ainda antes do 25 de abril de 1974, Durão Barroso integrou o Movimento Reorganizativo do Partido do Proletariado (MRPP), tendo mesmo liderado a secção juvenil desse partido. No entanto, viria a ser excluído do MRPP por atitudes consideradas impróprias. Anos mais tarde, já em 1980, Durão Barroso filiou-se no Partido Social Democrata (PSD).

Imagem de Durão Barroso (Autor: European People's Party - EPP)

Imagem de Durão Barroso (Autor: European People’s Party – EPP)

Entre 1985 e 1987, integrou o governo de Cavaco Silva, tendo sido convidado por este para o cargo de sub-secretário de Estado no Ministério de Assuntos Internos. A seguir, ocupou o cargo de secretário de estado dos Assuntos Externos e Cooperação e, finalmente, ocupou o lugar de Ministro dos Negócios Estrangeiros.

Como Ministro dos Negócios Estrangeiros, Durão Barroso ganhou relevância política ao liderar as negociações de paz em Angola e também ao denunciar os abusos que ocorriam em Timor-Leste.

Em 1999, Durão Barroso foi eleito presidente do PSD, acabando por vencer as eleições legislativas de 2002 com maioria relativa, o que o levaria a propor a formação de um governo de coligação com o CDS-PP. Assim, a 6 de abril de 2002, Durão Barroso tornou-se Primeiro-Ministro de Portugal.

Apesar de apenas se ter mantido nesta função durante pouco mais de dois anos, o seu governo tornou-se impopular em Portugal devido às primeiras medidas de austeridade tomadas com o objectivo de lutar contra o deficit orçamental. Outro episódio marcante do seu governo foi o seu apoio tácito à invasão do Iraque. No entanto, a sua postura agradou aos governos europeus, levando a que fosse eleito unanimemente pelos 25 estados da União Europeia como Presidente da Comissão Europeia, tendo iniciado o seu mandato a 1 de novembro de 2004, sendo que actualmente ainda ocupa esse mesmo lugar, o que lhe tem dado uma enorme relevância a nível mundial.

Não Encontrou o Que Estava Procurando? Tente o Google!

Marcados com: , ,
Publicado em História de Portugal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Newsletter
Questionário

Ponte 25 de Abril ou Ponte Salazar?

View Results

Carregando ... Carregando ...
Publicidade
Acerca
Bem-vindo ao HistóriaDePortugal.info, um portal informativo dedicado exclusivamente à História de Portugal.

Temos como objectivo ser o recurso mais completo na Internet sobre a História de Portugal.


Partilhar história
A História de Portugal está pouco divulgada na Internet. Ajude o HistoriaDePortugal.info a expandir através da partilha do seu conhecimento. Contamos com a sua ajuda!

Criar artigo