Convento dos Capuchos

Em Portugal existem vários edifícios que são popularmente chamados de Convento dos Capuchos. Conheça alguns deles:

Convento dos Capuchos (Sintra)

O Convento de Santa Cruz fica situado na vila de Sintra (freguesia de São Pedro de Penaferrim, concelho de Sintra, distrito de Lisboa) e é também popularmente conhecido como Convento dos Capuchos.

Conta o povo das terras de Sintra que quando participava numa caçada na serra de Sintra, durante a perseguição de um veado, D. João de Castro, o 4º vice-rei da Índia, se perdeu em plena serra. Já cansado de divagar pela serra fora, D. João acabou por adormecer debaixo de um penedo.

Então, ele teve um sonho em que lhe era dito que naquele lugar deveria ser construído um templo cristão.

No entanto, em 1548, D. João de Castro acabaria por falecer sem que tivesse conseguido cumprir com essa obrigação. Mesmo assim, no leito da morte, D. João de Castro terá incumbido o seu filho de cumprir com essa missão.

Assim, em 1560, D. Álvaro de Castro, o filho de D. João de Castro e Conselheiro de Estado de D. Sebastião, rei de Portugal, fundou nesse local um convento da Ordem dos Frades Menores.

Convento dos Capuchos (Autor: W.Rebel @ Wikipedia)

Convento dos Capuchos (Autor: W.Rebel @ Wikipedia)

Inicialmento, a comunidade de frades que servia nesse convento era composta por oito frades, dos quais Frei Honório era o mais conhecido.

Esse frade, segundo se conta viveu até perto dos 100 anos, sendo que os seus últimos 30 anos foram passados em penitência, vivendo numa pequena gruta que ficava dentro da cerca do convento.

Quase três séculos depois, em 1834, foram extintas de Portugal as ordens religiosas masculinas e por isso, a comunidade franciscana foi expropriada e obrigada a abandonar as dependências do convento, sendo que mais tarde, ainda durante o século XIX o convento foi vendido ao Visconde de Monserrate, homem que possuía grandes bens na serra de Sintra, sendo um deles, o conhecido Palácio de Monserrate.

Já no século XX, em 1949, o Estado Português adquiriu este imóvel deixando chegar a um precário estado de conservação.

Esta situação apenas viria a ser revertida no ano 2000 quando a empresa “Parques de Sintra, Monte da Lua, S. A.” assumiu a responsabilidade sobre o imóvel, assumido também como um dos objetivos centrais da sua atividade a recuperação desse espaço.

Convento dos Capuchos (Caparica)

O Convento dos Capuchos da Caparica fica situado na área da Paisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa da Caparica (freguesia da Caparica, concelho de Almada, distrito de Lisboa) e desse local pode-se avistar uma esplêndida paisagem.

Este convento foi mandado edificar em 1558 por Loureço Pires de Távora e, como é apanágio da Ordem Franciscana, é caraterizado pela sua simplicidade. Mesmo assim, o edifício é possuidor de linhas bastante elegantes. Podem-se avistar por exemplo, no frontispício, um pórtico triplo com colunas simples e um arco ao centro, ostentando um notável trabalho de ferro forjado. Na sua fachada estão representados o escudo das armas dos Távoras (patrocinadores da obra) e da Ordem Franciscana (detentora do convento).

O convento entrou em declínio em meados do século XVIII quando os Távoras foram mandados matar pelo Marquês de Pombal devido a um suposto atentado por parte de membros desta família ao rei D. José I, pouco tempo depois do terramoto de Lisboa.

Como no caso dos demais conventos que pertenciam à Ordem Franciscana, aquando da sua extinção em Portugal, em 1834, o Convento dos Capuchos da Caparica acabou por ser vendido a particulares, passando por transmissões sucessivas até que, em 1950, a Câmara Municipal de Almada adquiriu o edifício.

Em 1952, foram feitas obras de restauração do edifício e foram aí colocados azulejos alusivos aos sermões de Santo António.

Convento dos Capuchos (Vila Viçosa)

O convento dos Capuchos de Vila Viçosa (concelho de Vila Viçosa, distrito de Évora) foi construído no século XVI e encontra-se no local onde se encontra também uma ermida a N. Sra. da Piedade.

Ao longo dos séculos, este edifício sofreu poucas, sendo que aí foi colocado, durante o século XVIII, um relógio de sol em mármore branco.

No convento dos Capuchos de Vila Viçosa, podemos ainda encontrar três estatuetas (São Francisco, Santo António e São Bernardo de Siena) que se encontram colocadas uma em cada nicho da parte frontal da igreja e do convento.

No alpendre da igreja podemos visualizar o escudo de armas de Portugal.

Conventos dos Capuchos (Faro)

O Convento de Santo António dos Capuchos, mais conhecido simplesmente como Convento dos Capuchos, foi mandado construir durante o século XVII no concelho e distrito de Faro. Após a extinção da Ordem Franciscana e com o Liberalismo, este convento foi desfuncionalizado.

Mais tarde, no início do século XX, o convento foi remodelado e ocupado pela Guarda Nacional Republicana. Neste edifício é de destacar o pequeno claustro e a igreja, de ornamentação barroca.

Atualmente, a igreja do Convento dos Capuchos de Faro apenas exerce funções mortuárias.

Não Encontrou o Que Estava Procurando? Tente o Google!

Marcados com: ,
Publicado em Conventos em Portugal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Newsletter
Questionário

Ponte 25 de Abril ou Ponte Salazar?

View Results

Carregando ... Carregando ...
Publicidade
Acerca
Bem-vindo ao HistóriaDePortugal.info, um portal informativo dedicado exclusivamente à História de Portugal.

Temos como objectivo ser o recurso mais completo na Internet sobre a História de Portugal.


Partilhar história
A História de Portugal está pouco divulgada na Internet. Ajude o HistoriaDePortugal.info a expandir através da partilha do seu conhecimento. Contamos com a sua ajuda!

Criar artigo