Condado Portucalense

A história do Condado Portucalense começou a ser construída por volta do ano 1000, no norte da Península Ibérica.

Após a perda de territórios para os mouros vindos de África, os resistentes juntaram-se na região das Astúrias na Galiza, para se defender dos mouros.

Contudo, o seu objectivo não era apenas defender os territórios que lhes restavam mas sim conquistar os territórios que haviam perdido e foi isso que fizeram.

O Rei Afonso VI de Leão e Castela deu o exemplo, envolvendo-se arduamente nas lutas contra os mouros lutas estas que haveriam de ser bem sucedidas, pelo que os resistentes conquistaram mais territórios.

Todavia, Afonso VI de Leão e Castela sentia que as suas terras estavam em perigo, por isso, dividiu os territórios e entregou a cargo de Henrique de Borgonha a parte correspondente actualmente ao norte de Portugal.

O conde D. Henrique, um lutador ávido e inteligente, continuou na sua incessante busca de mais território, travando inúmeras batalhas com os mouros.

A história do Condado Portucalense começou a ser construída por volta do ano 1000, no norte da Península Ibérica (Autor: Basilio)

A história do Condado Portucalense começou a ser construída por volta do ano 1000, no norte da Península Ibérica (Autor: Basilio)

Escolheu uma cidade, Guimarães, como a capital daquele seu pequeno território, cidade onde viria a falecer mais tarde em 1112.

Ficou a governar este condado a sua esposa, D. Teresa, porém, passado algum tempo, esta pensava em casar com um fidalgo galego, Fernão Peres, colocando assim em risco a independência em relação aos espanhóis deste condado.

Desta forma, aos 14 anos, Afonso Henriques, filho de D. Henrique e D. Teresa, arma-se cavaleiro e enfrenta a mãe pelos interesses que julgava serem melhores para o seu país. Ganhou esta batalha, satisfazendo assim todos os portucalenses que asseavam pela independência do condado.

Após vencer a sua mãe na batalha de S. Mamede em 1128, o agora D. Afonso Henriques continua as investidas contra os mouros e até contra os espanhóis, pela luta dos territórios. Alargando cada vez mais os territórios para sul, o rei vence batalha atrás de batalha contra os mouros, incluindo na importante batalha de Ourique, à seguir à qual declara a independência do Condado Portucalense.

Não Encontrou o Que Estava Procurando? Tente o Google!

Marcados com: ,
Publicado em História de Portugal, Últimos
3 comentários sobre “Condado Portucalense
  1. Orlando Teixeira disse:

    Esse foi o segundo condado. O primeiro foi bem antes do ano 1000, e para site de história,aoresenta as coisas de forma incompleta e pouco fidedigna.

  2. João José Cardoso disse:

    Escolheu Guimarães para capital do seu pequeno território… tem alguma fonte que ateste essa espantosa novidade historiográfica?

  3. Humberto Carvalho disse:

    Não poderemos falar de Espanhóis, neste período dado que os condados estavam em formação, portanto tanto eram espanhóis os Astures, os iniciadores da reconquista através do hispano visigótico D. Pelayo (718), filho do Galaico Fafila Flávio, como os àrabes. Poder-se-há dizer quem até os Castelhanos ainda não tinham o seu reino estabilizado. Até ao sec. 16, como é sabido, ainda havia outros espanhóis, dado a Espanha (Hispania) ser uma região peninsular…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Newsletter
Questionário

Ponte 25 de Abril ou Ponte Salazar?

View Results

Carregando ... Carregando ...
Publicidade
Acerca
Bem-vindo ao HistóriaDePortugal.info, um portal informativo dedicado exclusivamente à História de Portugal.

Temos como objectivo ser o recurso mais completo na Internet sobre a História de Portugal.


Partilhar história
A História de Portugal está pouco divulgada na Internet. Ajude o HistoriaDePortugal.info a expandir através da partilha do seu conhecimento. Contamos com a sua ajuda!

Criar artigo