Castelo de Seda

Castelo de Seda (Autor: crnicasdeseda.blogspot.pt)

Castelo de Seda (Autor: crnicasdeseda.blogspot.pt)

Também conhecidas como Muralhas ou Fortificações de Seda, o Castelo de Seda está localizado no Alentejo, na freguesia de Seda, no Concelho de Álter do Chão, no distrito de Portalegre, em Portugal.

Mais que um castelo ou uma fortificação como tal, a povoação de Seda estava caracterizada por possuir uma cerca fortificada para defesa e proteção das invasões, da que ficam muito poucos remanescentes.

A vila tem origens primitivas, através das descobertas feitas pelas escavações, e dado que existem alguns restos conservados de uma ponte românica, a ponte de Vila Formosa, sobre a Ribeira de Seda, feita no século I ou II, e também pela presença de cerca de uma dezena e meia de antas ou dólmenes que datam do período Neolítico, além da estrada militar que ligaria Lisboa e Mérida, entre outros vestígios.

Esta antiga povoação denominada pelos muçulmanos como Arminho, foi retomada aos árabes na Reconquista Cristã, por D. Afonso Henriques, em 1160. Em retribuição pela ajuda dos cavaleiros templários na recuperação da vila, a povoação foi posteriormente doada a esta congregação pelo monarca.

A Povoação Medieval no Castelo de Seda

Por estar localizada numa zona fronteiriça, a povoação mereceu a construção de uma muralha que a rodeasse e a protegesse de possíveis invasores. Já no século seguinte, o Rei D. Afonso III entrega a doação para os cavaleiros da Ordem de Avis, sendo Frei Simão Soeiro o Mestre da Ordem naquele momento.

Com a concessão da Carta de Foral, por parte do Rei D. João em 1427, a povoação recebeu o privilégio de ser elevada a vila, prerrogativa que seria renovada no mandato do Rei D. Manuel I, que lhe outorgou o Foral Novo em 1510. Sua importância aumentou ao passar a ser sede do Concelho, sob a jurisdição da Ordem de Avis. Este privilégio foi extinto no ano de 1836, por causa da reforma administrativa.

Características do Castelo de Seda

A estrutura do Castelo de Seda foi erguida em terreno irregular, usando alvenaria em xisto, em argamassa de cal, com a cerca urbana disposta ao seu redor, para unir os três cubelos de planta circular, sem a presença de ameias, mas com vestígios da edificação de um quarto. Este conjunto abriga no seu interior o núcleo de um casario antigo.

Toda a construção se encontra atualmente em estado precário de conservação, com só um pequeno fragmento da muralha sendo o único conservado. Os muros de estilo medieval continuam levantados com os materiais da época de sua edificação. Grande porção dos panos da muralha está hoje entre hortas e quintais da Rua do Castelo, do lado leste, fato pelo que tem sido adequada para a agricultura e já é devoluta.

Além do Castelo de Seda, o conjunto urbano de Seda está conformado por antigos casarios brancos de faixa colorida, junto com obras de arquitetura religiosa como a Igreja paroquial de Nossa Senhora do Espinheiro e as Capelas de São João, de São Bento e de São Brás e as ruínas do Mosteiro de São Veríssimo.

Intervenções no Castelo de Seda

Em 1971 foi consolidada uma parte de uma muralha e um torreão. Logo, em 1978 foram realizadas com urgência obras de consolidação dos panos de muralha e o levantamento das alvenarias que ameaçavam com derrubar.

Existe certa confusão com a denominação desta obra da arquitetura militar. Sendo regular para alguns com a denominação de castelo, o conjunto que consiste apenas de uma cerca urbana fragmentada e destruída, sendo inventariada por Ruiz de Azevedo no livro Vilas do Sul de Portugal, sob a categoria de povoação fortificada, sem constar como castelo.

O Castelo de Seda se encontra classificado como Imóvel de Interesse Público, pelo Decreto-Lei datado em 26 de fevereiro de 1982.

Não Encontrou o Que Estava Procurando? Tente o Google!

Marcados com: , ,
Publicado em História de Portugal, Últimos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Newsletter
Questionário

Ponte 25 de Abril ou Ponte Salazar?

View Results

Carregando ... Carregando ...
Publicidade
Acerca
Bem-vindo ao HistóriaDePortugal.info, um portal informativo dedicado exclusivamente à História de Portugal.

Temos como objectivo ser o recurso mais completo na Internet sobre a História de Portugal.


Partilhar história
A História de Portugal está pouco divulgada na Internet. Ajude o HistoriaDePortugal.info a expandir através da partilha do seu conhecimento. Contamos com a sua ajuda!

Criar artigo