Castelo de Montalegre

Situado na Freguesia, Vila e Concelho de Montalegre, no distrito de Vila Real, em Portugal, no topo de um monte granítico, encontra-se o Castelo de Montalegre que, junto com o Castelo de Portelo e o Castelo da Piconha, integrava o conjunto defensivo das Terras do Barroso, bem próximo da fronteira com Espanha.

Neste local existiu um castro pré-histórico que, conforme pode ser comprovado pelas diversas lápides e moedas encontradas no local, foi sucessivamente ocupado pelos romanos, passando depois a ser ocupado pelos suevos e mais tarde pelos visigodos. Durante o século VIII, durante o período da Reconquista Cristã da Península Ibérica, estas terras foram constantemente atacadas pelos muçulmanos. Depois, e até à independência do Condado Portucalense, que deu origem ao Reino de Portugal, as terras de Montalegre integraram os domínios da Gallaeciense Regnum. Desde a independência de Portugal e até aos nossos dias, estas terras nunca mais deixariam de pertencer ao domínio de Portugal.

História do Castelo de Montalegre

O Castelo de Montalegre foi construído já tardiamente, inserindo-se no movimento empreendido por D. Afonso III para a reorganização das fornteiras a oeste e a este de Chaves. O objetivo da sua construção foi o de que a fronteira setentrional de Trás-os-Montes fosse dotada de uma efetiva ordem territorial e jurídica, que deveria ficar sob o poder do Rei. No entanto, esse domínio régio durou pouco tempo, sendo que, ainda antes do término do século XIII, Pedro Anes recebeu, por parte do rei D. Dinis, a carta de foral de Montalegre, com o objetivo de povoar estas terras, já que, por essa altura, Montalegre encontrava-se completamente deserta.

Situado na Freguesia, Vila e Concelho de Montalegre, no distrito de Vila Real, em Portugal, no topo de um monte granítico, encontra-se o Castelo de Montalegre (Autor: Turismoenportugal)

Situado na Freguesia, Vila e Concelho de Montalegre, no distrito de Vila Real, em Portugal, no topo de um monte granítico, encontra-se o Castelo de Montalegre (Autor: Turismoenportugal)

Essas dificuldades de povoamento e os parcos recursos económicos que aí existiam ficam bem evidentes no formato do castelo que, segundo o projeto inicial, deveria incluir três torres que ficariam integradas no perímetro da muralha oval. A Torre furada é a única que foi construída segundo o projeto, devendo existir uma outra semelhante e uma terceira de maior impacto visual. No entanto, devido à falta de recursos económicos, as duas outras torres foram construídas com planta retângular e com uma altura inferior.

Atualmente, o Castelo de Montalegre conserva ainda as suas principais caraterísticas de fortaleza gótica, mantendo a sua planta ovalada, muralhas entrecortadas por uma torre quadrangular e duas rectangulares. A torre de menagem está também associada à cerca, não se encontrando isolada e situada no centro do pátio, como era habitual. Das duas portas que existiam no castelo, mantém-se apenas a porta virada para nascente, sendo que, a porta principal que era protegida pela torre de menagem e que ficava virada para norte, já não existe.

A torre de menagem é mesmo a principal peça do conjunto militar, sendo que a sua construção é posterior à das restantes peças do Castelo. A torre de menagem foi construída durante o reinado de D. Afonso IV e concluída em 1331. Daí o fato de a torre de menagem ter uma maior altura e secção que as restantes torres, assumindo-se assim como a parte mais robusta de todo o conjunto. Possui quatro pisos e uma organização cujos sistemas de escoamento de águas, espaços abobadados e espessas paredes rasgadas por estreitos corredores de acesso aos balcões, revelam uma complexa preocupação funcional.

Durante o reinado de D. João II, o Castelo de Montalegre sofreu uma campanha de reconstrução e aprimoramento da estrutura, com o objetivo de reforçar a entrada principal, protegendo-a por um reduto de torres circulares, das quais restam apenas os níveis superiores.

Já no século XVII, devido às Guerras da Restauração, o Castelo viria a sofrer novas alterações, com a construção de diversos baluartes e revelins, com as caraterísticas naturais da época, não tendo o conjunto arquitetónico sofrido mais nenhumas alterações até aos nossos dias.

Nos últimos anos, foram realizadas diversas escavações exploratórias no local, que têm ajudado a conhecer a história pré-castelo do local.

Lendas e Tradições do Castelo de Montalegre

O Castelo de Montalegre está envolto em lendas e tradições orais. Por exemplo, diz-se que, cada ano, à meia noite do dia de S. João, aparecem três belas meninas sentadas em cadeiras de ouro e que não é possível livrá-las do encantamento. Reza a lenda que, certa vez, as meninas ofereceram a uma mulher um avental cheio de jóias, alertando-a de que não deveria contar a ninguém o que levava ali. Quando a mulher ia a caminho de casa, apareceu-lhe uma amiga que lhe perguntou o que carregava no avental. A mulher respondeu-lhe que levava uma grande riqueza e, quando abriu o avental para mostrar, todas as jóias tinham se transformado em carvão.

Numa outra lenda, diz-se que quando ia a caminho da igreja do Castelo, pela estrada que vai da Portela para lá, uma mulher encontrou um cordão de ouro. Quando começou a puxar, viu que o cordão não tinha fim. Ela puxou o cordão até se cansar. Então ela disse: “Para ser rica já me chega” e cortou o cordão. Nessa altura, o cordão começou a desfiar-se em sangue, ouvindo-se muitos gritos e maldições contra ela. Para quebrar o encanto, a mulher devia ter puxado o cordão durante toda a missa, até que o padre a terminasse.

Imagens do Castelo de Montalegre

Vídeo do Castelo de Montalegre

Partilha!Share on Facebook35Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Pin on Pinterest0Share on LinkedIn0Share on Reddit0Share on VKEmail this to someone

Não Encontrou o Que Estava Procurando? Tente o Google!

Marcados com: , , , ,
Publicado em Castelos de Portugal, História de Portugal, Monumentos de Portugal, Últimos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Newsletter
Questionário

Ponte 25 de Abril ou Ponte Salazar?

View Results

Carregando ... Carregando ...
Publicidade
Acerca
Bem-vindo ao HistóriaDePortugal.info, um portal informativo dedicado exclusivamente à História de Portugal.

Temos como objectivo ser o recurso mais completo na Internet sobre a História de Portugal.


Partilhar história
A História de Portugal está pouco divulgada na Internet. Ajude o HistoriaDePortugal.info a expandir através da partilha do seu conhecimento. Contamos com a sua ajuda!

Criar artigo