Castelo de Cacela

O Castelo de Cacela se encontra localizado no Algarve, na freguesia de Vila Nova de Cacela, no distrito de Faro, na região sul de Portugal.

Foi erigido sobre uma elevação rochosa que lhe confere uma posição de domínio e boa visibilidade da península e da costa de Algarve.

Forma parte do conjunto histórico de Cacela-Velha, cujo núcleo urbano era constituído pela fortaleza principal, uma igreja, casas do prior, casas da câmara e um pelourinho, local onde, ao que parece, eram sometidos a castigo os criminosos.

As origens do Castelo de Cacela têm vestígios da época pré-românica, dado que foi um lugar habitado por povoações cúneas, fenícias e cartagineses, segundo dados arqueológicos obtidos nas escavações do terreno.

Castelo de Cacela

Castelo de Cacela

Logo de produzida a invasão romana à península ibérica (218 a.C. – 201 a.C.), o exército romano aproveitou as qualidades da zona e fundou uma base militar, povoando a região, dada sua importância estratégica como porto marítimo, além de se converter em zona agrícola.

Séculos depois, em 712, uma nova invasão, desta vez a muçulmana, comandada pelo guerreiro Tárique, estabeleceria o que seriam os fundamentos primitivos da fortaleza.

Em 1240 o Rei D. Sancho II retomou a povoação aos Moros, mas foi perdida de novo, para logo ser recuperada de forma definitiva por D. Paio Ceres Correia, em 1242.

A Fortaleza Primitiva e as Reformas no Castelo de Cacela

Durante a época em que o Castelo de Cacela pertenceu ao califado mourisco, tem-se evidência de que formava parte de uma fortificação defensiva mor, sistema que albergava também ao Castelo das Relíquias e o Castelo Velho de Alcoutim, localizados todos na atualidade no mesmo distrito, mas em diferente freguesia.

Já no século XIII o Castelo de Cacela apresentava sinais de abandono e ruína, perante o que o Rei D. Afonso III ofereceu em doação o Castelo de Cacela à Ordem de Santiago e ordenou as obras de reconstrução e ampliação da estrutura. No ano de 1272, a Ordem renúncia à doação e de novo, a edificação fica no desamparo, sendo reconstruída até os fins do século XVII.

Para o século XVIII, o Castelo de Cacela se encontra consideravelmente arruinado, danos que seriam aumentados por causa do terremoto do ano 1755. A fortaleza passaria então por novos trabalhos de reconstrução no fim desse século, por pedido de D. Nuno de Mendonça e Moura.

Estado Atual do Castelo de Cacela

Ao ter sido alvo de numerosas intervenções ao longo de sua história, a fortificação apresenta substanciais modificações e substituições na estrutura original de estilo gótico, da que permanecem muito poucos vestígios, assim como a igreja primitiva.

Do que ainda permanece conservado, como são alguns fragmentos da cerca muçulmana, parte da muralha do antigo castelo medieval ordenada pela Ordem de Santiago, ou os baluartes construídos no século XVI, confirmam a continua intervenção na estrutura, mas também a decadência atual da fortaleza, declínio que está sustentado também pelo prejuízo causado à vila a partir da extinção da sede do Concelho por ordem do Marquês de Pombal, no século XVIII.

A importância deste centro histórico é dada pela sua riqueza arqueológica, ainda em potencia, posto que os estudos e pesquisas estão por se desenvolver.

Os poucos trabalhos feitos de escavação do terreno estabelecem que, no período compreendido entre 1998 e 2000, foi descoberto um bairro islâmico localizado na zona inferior da fortaleza, perto da ribeira. As características sugerem que servia de morada de agricultores e pescadores muçulmanos.

No ano 2007, outra escavação feita dentro dos limites da fortaleza deu como resultado a descoberta de uma medina do século X. Estes dois descobrimentos sugerem com certeza a possibilidade de novos encontros.

O núcleo histórico de Cacela-Velha, do qual formam parte as construções civis da vila, as construções religiosas e as construções militares, incluindo aqui o castelo, foi classificado como Imóvel de Interesse Público, pelo Decreto-Lei de 1996.

Vídeo do Castelo de cacela

Partilha!Share on Facebook109Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Pin on Pinterest0Share on LinkedIn0Share on Reddit0Share on VKEmail this to someone

Não Encontrou o Que Estava Procurando? Tente o Google!

Marcados com: , ,
Publicado em Castelos de Portugal, Monumentos de Portugal, Últimos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Newsletter
Questionário

Ponte 25 de Abril ou Ponte Salazar?

View Results

Carregando ... Carregando ...
Publicidade
Acerca
Bem-vindo ao HistóriaDePortugal.info, um portal informativo dedicado exclusivamente à História de Portugal.

Temos como objectivo ser o recurso mais completo na Internet sobre a História de Portugal.


Partilhar história
A História de Portugal está pouco divulgada na Internet. Ajude o HistoriaDePortugal.info a expandir através da partilha do seu conhecimento. Contamos com a sua ajuda!

Criar artigo