Castelo de Almourol

Situado em Portugal, distrito de Santarém, concelho de Vila Nova da Barquinha, na freguesia de Praia do Ribatejo, encontra-se o Castelo de Almourol, um edifício que cruza diversos estilos militares de arquitetura.

Do estilo romano ao românico, passando pelos estilos gótico e revivalista, o Castelo de Almourol foi reedificado seguindo uma linha de arquitetura militar templária, semelhante à do Castelo de Tomar.

É um castelo de enquadramento rural, que se ergue numa escarpa granítica com 75 metros de largura, pouco mais de 300 metros de altura e 18 metros acima das águas do Tejo. Fica situado em frente à povoação de Tancos, um pouco abaixo da confuência do rio Tejo com o rio Zêzere.

Dois dos elementos mais inovadores, que pautaram a arquitetura militar dos templários no nosso país, podem ser observados no Castelo de Almourol:

  • Muralhas altas protegidas por torres circulares (nove torres);
  • Torre de menagem como centro nevrálgico de toda a estrutura.

Da torre de menagem original resta já pouco. Ela era constituída por três pisos, que foram sendo alterados com o passar dos séculos. Atualmente é possível ter a noção da dimensão geral da estrutura devido à sua sapata ainda existente. As cortinas das muralhas contam com merlões e seteiras quadradas. As nove torres têm formas e dimensões irregulares, em grande medida graças aos terrenos irregulares onde foram construídas. Já no interior, existem diversas portas de cantaria que fazem a ligação a diferentes partes do castelo.

O Castelo de Almourol é um dos castelos mais emblemáticos e cenográficos da Reconquista, bem como um dos castelos que melhor invocam a presença dos templários em Portugal.

História do Castelo de Almourol

O Castelo de Almourol foi erguido no lugar onde anteriormente existia um primitivo castro lusitamo, que os romanos conquistaram no século 1 a.C. Mais tarde, este castro viria a ser ocupado pelos Alanos, pelos Visigodos e pelos Mouros.

Não se sabe ao certo quando foi construído o edifício original, mas sabe-se que o Castelo de Almourol foi construído antes do início do Reino de Portugal. Quando este local foi conquistado em 1129 pelas tropas portuguesas, o castelo aí se encontrava, sendo chamado pelo nome de Almorolan. Nesse mesmo ano, D. Afonso Henriques, o primeiro rei de Portugal, doou estas terras a Gualdim Pais, o mestre dos templários. Em 1171, segundo uma epígrafe que se encontra sobre a porta principal; os templários reedificaram o castelo, tendo este vindo a sofrer várias obras de restauro nos reinados seguintes.

Situado em Portugal, distrito de Santarém, concelho de Vila Nova da Barquinha, na freguesia de Praia do Ribatejo, encontra-se o Castelo de Almourol. (Autor: Daniel Feliciano)

Situado em Portugal, distrito de Santarém, concelho de Vila Nova da Barquinha, na freguesia de Praia do Ribatejo, encontra-se o Castelo de Almourol. (Autor: Daniel Feliciano)

Com o passar dos séculos, tendo perdido a sua importância estratégica, o Castelo de Almourol foi deixado ao abandono, provocando a sua ruína. Já no século XIX, foram realizadas obras de restauro, tendo sido alterada a sua fisionomia original, devido à construção de quase todas as suas ameias e merlões.

No século XX, mais precisamente nas décadas de 40 e 50, o Castelo foi adaptado para assumir a função de Residência Oficial da República Portuguesa, tendo passado a ser mobilado pela Comissão para a Aquisição de Mobiliário a partir de 1955.

Em 2004, devido a infiltrações de águas pluviais, algumas muralhas foram desagregadas. Cinco anos mais tarde o Conselho Consultivo do IGESPAR concordou com a proposta de fixação de uma Zona Especial de Proteção.

Lendas e Mitos do Castelo de Almourol

São muitas as lendas e mitos que existem sobre o Castelo de Almourol. Por exemplo, conta-se que a filha de um senhor árabe de Almourol se apaixonou por um cavaleiro cristão, tendo-lhe revelado os segredos sobre como entrar no castelo. No entanto, este atraiçoou a jovem donzela e usou estas informações para fazer uma emboscada. Não querendo viver em cativeiro, o emir e a sua filha preferiram atirar-se das muralhas do castelo e morrer.

Imagens do Castelo de Almourol

Partilha!Share on Facebook201Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Pin on Pinterest0Share on LinkedIn0Share on Reddit0Share on VKEmail this to someone

Não Encontrou o Que Estava Procurando? Tente o Google!

Marcados com: , , , ,
Publicado em Castelos de Portugal, Monumentos de Portugal, Últimos
Um comentário sobre “Castelo de Almourol
  1. Francisco de Sousa Lobo disse:

    As obras do século XIX alteraram pouco o castelo. Existem imagens do Castelo arruinado antes das obras que compravam este facto. Nas visitas guiadas dos Amigos dos Castelos explicamos onde estão as incorrecções que são aliás pontuais. A imagem do Castelo está assim ainda bastante confiável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Newsletter
Questionário

Ponte 25 de Abril ou Ponte Salazar?

View Results

Carregando ... Carregando ...
Publicidade
Acerca
Bem-vindo ao HistóriaDePortugal.info, um portal informativo dedicado exclusivamente à História de Portugal.

Temos como objectivo ser o recurso mais completo na Internet sobre a História de Portugal.


Partilhar história
A História de Portugal está pouco divulgada na Internet. Ajude o HistoriaDePortugal.info a expandir através da partilha do seu conhecimento. Contamos com a sua ajuda!

Criar artigo