Capela de Santo Amaro

Em Portugal existem diversas ermidas com a designação oficial de Capela de Santo Amaro. Entre essas estão:

  • a Capela de Santo Amaro em Paços de Vilhariques, Vouzela, no distrito de Viseu;
  • a Capela de Santo Amaro em Cadima, Cantanhede, no distrito de Coimbra;
  • a Capela de Santo Amaro em Sanhoane, Mogadouro, no distrito de Bragança;
  • a Capela de Santo Amaro em Ponta do Sol, Madeira, distrito do Funchal;
  • a Capela de Santo Amaro em Fuinhas, Fornos de Algodres, distrito da Guarda;
  • a Capela de Santo Amaro em Santiago Maior, distrito de Beja;
  • a Capela de Santo Amaro em Vilar de Mouros, Caminha, distrito de Viana do Castelo;
  • e a Capela de Santo Amaro em Alcântara, Lisboa, distrito de Lisboa.

É sobre esta última que nos iremos debruçar um pouco.

História da Capela de Santo Amaro

A Capela de Santo Amaro de Alcântara, em Lisboa, fica situada no alto de Santo Amaro sendo o seu acesso feito através de uma escadaria íngreme.

A verdade, é que a Confraria Real de Santo Amaro recebeu desde sempre grande atenção da parte das altas esferas temporais e seculares, em grande parte devido a este santo ter sido um dos discípulos eleitos de S. Bento.

A fundação da Ermida, no ano de 1549, é atribuída aos tripulantes galegos de uma barca que teria aqui dado à costa, embora haja também quem a relacione à iniciativa de uma série de frades da Ordem de Cristo, regressados de Roma, que aqui teriam iniciado a sua ascese religiosa.

Imagem 16 - Capela de Santo Amaro em Lisboa

Imagem 16 – Capela de Santo Amaro em Lisboa

Caraterísticas da Capela de Santo Amaro

Esta capela apresenta uma planta circular diferente daquilo que é habitual, com oito metros de diâmetro.

É encimada por uma cúpula rematada por lanternim, vazado por três janelas e coroado por uma outra pequena cúpula.

A capela-mor também é de formato circular, sendo ladeada, à direita, pela sacristia, que é contígua à galilé e que ostenta um belo arcaz com pinturas alusivas à vida de Santo Amaro e aos seus milagres mais relevantes.

O extraordinário lavabo embebido na parede possui medalhão de mármore, também este referente a um importante milagre em que o santo impede Plácido de morrer afogado.

No flanco esquerdo, a capela-mor é ladeada pela casa do despacho. Ao que parece, foi no espaço que atualmente é ocupado pela sacristia, que se ergueu a ermida inicial, desde logo devotada ao Santo Amaro, como pode ser comprovado pela inscrição na porta principal.

Imagem 57 - Capela de Santo Amaro em Lisboa

Imagem 57 – Capela de Santo Amaro em Lisboa

Na Capela de Santo Amaro existem dois altares de madeira, sendo um deles alusivo ao Evangelho de invocação a S. João Batista e o outro alusivo à Epístola a Santa Bárbara. De destacar são os silhares policromados, de azulejos, que revestem as paredes até um terço da sua altura, e onde podem ser visualizadas algumas cenas da fundação do templo.

Estes azulejos são datados do século XVIII, e estão identificados como provenientes das fábricas do Rato. Já a capela-mor, abobadada, possui a imagem do Santo Amaro no altar-mor, de talha. Quanto ao nível da cobertura, o coro central é ladeado, superiormente, por dois terraços.

A igreja encontra-se envolvida por uma estrutura poligonal com sete lados retilíneos, sendo que, desses, três constituem as aberturas, onde estão inseridos os portões que abrem para um recinto semicircular que forma uma galilé de entrada.

No caso dos portões, datados do século XVIII, são de ferro forjado, sendo que a sua gramática decorativa alude aos atributos do santo. No muro da galilé, abobadada, há dois altares laterais rasgados, onde se encontra representado o santo em figura natural, sendo que num deles vemos o Santo Amaro peregrino, segurando o tradicional bordão; e no outro podemos observar já o confronto com a sua condição de bispo, realçado pelos usuais atributos, a mitra e o báculo.

A separar esses painéis existem pilastras azulejares, com sereias imbricadas em temática vegetalista. A galilé é ainda enriquecida com bancos de cantaria junto às paredes.

Imagens da Capela de Santo Amaro

Partilha!Share on Facebook25Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Pin on Pinterest0Share on LinkedIn0Share on Reddit0Share on VKEmail this to someone

Não Encontrou o Que Estava Procurando? Tente o Google!

Marcados com: ,
Publicado em Capelas de Portugal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Newsletter
Questionário

Ponte 25 de Abril ou Ponte Salazar?

View Results

Carregando ... Carregando ...
Publicidade
Acerca
Bem-vindo ao HistóriaDePortugal.info, um portal informativo dedicado exclusivamente à História de Portugal.

Temos como objectivo ser o recurso mais completo na Internet sobre a História de Portugal.


Partilhar história
A História de Portugal está pouco divulgada na Internet. Ajude o HistoriaDePortugal.info a expandir através da partilha do seu conhecimento. Contamos com a sua ajuda!

Criar artigo