Cabo Espichel

O Cabo Espichel é um cabo situado na costa ocidental da Península Ibérica, em Portugal, fazendo o prolongamento da serra da Arrábida, a ocidente da vila de Sesimbra, distrito de Setúbal. É banhado a oeste e a sul pelo oceano Atlântico.

O Cabo Espichel é um local agreste, onde existem poucas árvores, e de forte exposição aos ventos marinhos, de modo que, poucas aves aí nidificam. No entanto, este local constitui-se num importante ponto de passagem de várias aves migratórias, podendo aí ser observadas a tarambola dourada, o ganso patola, o chasco cinzento, a alvéola amarela e o picanço barreteiro. É também um excelente local para se observar diversas espécies de aves marinhas.

Sob as arribas do Cabo, existe uma gruta de grande beleza, à qual pouquíssimas pessoas conhecem, devido ao seu difícil acesso, que apenas pode ser feito por mar. Segundo Carlos Sargedas, fotógrafo de profissão, e sesimbrense de nascimento, este é um local com enorme potêncial turístico e económico, com características únicas no mundo.

Lendas Locais do Cabo Espichel

Situado no Cabo Espichel, podemos encontrar o Santuário de Nossa Senhora do Cabo, também conhecida como Nossa Senhora de Pedra Mua.

Existem duas versões locais quanto à descoberta da imagem da Senhora da Pedra da Mua. Ao passo que alguns dizem que a imagem foi descoberta por um grupo de homens da Caparica (margem sul do Tejo), outros dizem que foi descoberta por dois anciãos de margens opostos do rio: um da Caparica e outro de Alcabideche. Independente de quem esteja correto, se é que alguma das versões está correta, o certo é que em ambas as margens o culto da Senhora da Pedra da Mua acabou por adquirir uma forte expressão popular.

O Cabo Espichel é um cabo situado na costa ocidental da Península Ibérica, em Portugal, fazendo o prolongamento da serra da Arrábida, a ocidente da vila de Sesimbra, distrito de Setúbal (Autor: Sacavem @ Flickr)

O Cabo Espichel é um cabo situado na costa ocidental da Península Ibérica, em Portugal, fazendo o prolongamento da serra da Arrábida, a ocidente da vila de Sesimbra, distrito de Setúbal (Autor: Sacavem @ Flickr)

Uma terceira lenda, contada pelo frei Agostinho de Santa Maria, diz que, no local onde foi edificada a Ermida, apareceu a Senhora montada numa jumentinha e que depois subiu rocha acima, firmando as mãos e os pés à medida que subia, deixando as suas marcas impressas na rocha.

Este mesmo relato aparece descrito nos azulejos da Ermida da Memória que, na forma de uma banda desenhada, descrevem o aparecimento da Senhora montada na jumentinha e a ser vista pelos dois anciãos.

Sabe-se agora que as marcas na rocha, que são atribuídas às pegadas da jumentinha, são na verdade registros icnofósseis de dinossauros, já com mais de 100 milhões de anos.

É possível que o culto da Senhora da Mua seja já uma forma cristianizada de cultos anterires que já existiam no local, não só nos tempos em que a região era ocupada pelos mouros, como também nos tempos pré-históricos. Talvez por isso, tanto na localidade da Azóia como na zona saloia, o culto da Senhora do Cabo (outro nome pelo qual é conhecida), tenha uma expressão tão eloquente nestas zonas de influências vincadamente muçulmanas.

Imagens do Cabo Espichel

Não Encontrou o Que Estava Procurando? Tente o Google!

Marcados com: , ,
Publicado em História de Portugal, Últimos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Newsletter
Questionário

Ponte 25 de Abril ou Ponte Salazar?

View Results

Carregando ... Carregando ...
Publicidade
Acerca
Bem-vindo ao HistóriaDePortugal.info, um portal informativo dedicado exclusivamente à História de Portugal.

Temos como objectivo ser o recurso mais completo na Internet sobre a História de Portugal.


Partilhar história
A História de Portugal está pouco divulgada na Internet. Ajude o HistoriaDePortugal.info a expandir através da partilha do seu conhecimento. Contamos com a sua ajuda!

Criar artigo