António Lobo Antunes

António Lobo Antunes nasceu em Lisboa no dia 1 de setembro de 1942 e é atualmente considerado como um dos mais importantes autores da literatura portuguesa dos séculos XX e XXI.

Lobo Antunes licenciou-se em Medicina, tendo-se especializado em Psiquiatria. Foi destacado para Angola durante a fase final da Guerra Colonial portuguesa, entre os anos de 1970 e 1973.

Foi a esta experiência na guerra que Lobo Antunes foi buscar grande parte da inspiração para redigir os seus livros.

Após regressar a Portugal, Lobo Antunes foi trabalhar para o Hospital Psiquiátrico de Miguel Bombarda, em Lisboa. Em 1980, Lobo Antunes inscreveu-se como militante da Aliança Povo Unido (APU), uma coligação liderada pelo Partido Comunista Português (PCP).

Atualmente, Lobo Antunes encontra-se a residir em Lisboa e dedica-se exclusivamente à escrita.

[-] Tabela de Conteúdos

Temáticas de António Lobo Antunes

Grande parte dos livros de António Lobo Antunes estão relacionados com o processo que se desencadeou entre a passagem do fim do Estado Novo até ao momento da implantação da Democracia em Portugal.

Nesse tema englobam-se assuntos como o fim da Guerra Colonial, o fim daquele mundo burguês que existia até então e que era marcado por uma série de valores conservadores e retrógados, os problemas da mudança social rápida que ocorreu com o 25 de Abril de 1974 e a consequente instabilidade a nível político vivida em Portugal.

António Lobo Antunes (Autor: Georges Seguin)

António Lobo Antunes (Autor: Georges Seguin)

Todo esse processo teve sérias implicações ao nível das relações familiares, sendo assim abordado nos romances de Lobo Antunes, onde são retratadas famílias disfuncionais onde não existem referências e onde a comunicação entre os membros da família é escassa ou nula.

Os seus romances são inclusivamente marcados por personagens anti-heróis que são pessoas exercendo profissões liberais, oriundas das chamadas “boas famílias”.

Bibliografia de António Lobo Antunes

No ano de 1979, António Lobo Antunes publicou os seus primeiros dois livros: “Memória de Elefante” e “Os cus de Judas”.

No ano seguinte, em 1980, publicou o livro “Conhecimento do Inferno”.

Estes três primeiros livros são principalmente biográficos, estando muito ligados ao contexto da guerra colonial.

Estes livros tornaram Lobo Antunes imediatamente num dos autores contemporâneos mais lidos e discutidos, não só a nível nacional, mas também a nível internacional.

São também de sua autoria as obras:

  • Auto dos Danados
  • Fado Alexandrino
  • As Naus
  • Explicação dos Pássaros
  • O Manual dos Inquisidores
  • Tratado das Paixões da Alma
  • A Ordem Natural das Coisas
  • A Morte de Carlos Gardel
  • O Esplendor de Portugal
  • Não Entres Tão Depressa Nessa Noite Escura
  • Exortação aos Crocodilos
  • Que Farei Quando Tudo Arde
  • Boa Tarde às Coisas Aqui em Baixo
  • Ontem Não te Vi em Babilónia
  • Eu Hei-de Amar uma Pedra
  • O Meu Nome é Legião
  • e ainda três volumes de crónicas

Ao longo dos anos, todo o seu trabalho literário tem sido utilizado nos mais diversos estudos académicos.

Além disso, Lobo Antunes tem recebido vários prémios nacionais e internacionais, entre os quais o Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa, por duas vezes, e também o Prémio Europeu de Literatura, na Áustria, o Prémio Ovídio, na Roménia, Prémio Internacional de Literatura da União Latina, em Roma, o Prémio Rosalía de Castro, na Galiza, o Prémio Jerusalém de Literatura, o Prémio Ibero-americano das Letras José Donoso e ainda o Prémio Camões.

Estilo Literário de António Lobo Antunes

O estilo de escrita de António Lobo Antunes reflete uma escrita densa em que o leitor necessita fazer um certo esforço e ter alguma concentração a fim de melhor entender. Um exemplo disso, são as comuns mudanças de narrador a meio da escrita, o que pode provocar no leitor a perda da linha de raciocínio.

No entanto, apesar de não optar por um estilo de escrita de fácil leitura, ainda assim, Lobo Antunes é um fenómeno de vendas, sendo muito lido um pouco por todo o mundo, mas principalmente ao redor do continente europeu.

Partilha!Share on Facebook0Share on Google+1Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Pin on Pinterest0Share on LinkedIn0Share on Reddit0Share on VKEmail this to someone

Não Encontrou o Que Estava Procurando? Tente o Google!

Marcados com: , , ,
Publicado em Cultura de Portugal, Escritores Portugueses, Últimos
Um comentário sobre “António Lobo Antunes
  1. Helena Isidro disse:

    Muito bom !! ótima informação , bem redigida, não muito extensa, para fácil consulta e troca de informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Newsletter
Questionário

Ponte 25 de Abril ou Ponte Salazar?

View Results

Carregando ... Carregando ...
Publicidade
Acerca
Bem-vindo ao HistóriaDePortugal.info, um portal informativo dedicado exclusivamente à História de Portugal.

Temos como objectivo ser o recurso mais completo na Internet sobre a História de Portugal.


Partilhar história
A História de Portugal está pouco divulgada na Internet. Ajude o HistoriaDePortugal.info a expandir através da partilha do seu conhecimento. Contamos com a sua ajuda!

Criar artigo